“Informadores da PIDE” são apresentados em livro na Unicepe nesta sexta-feira

Na próxima sexta-feira, dia 16, aí pelas 18 horas vai ter lugar na Cooperativa Livreira de Estudantes do Porto (Unicepe, na Praça de Carlos Alberto 128a, no Porto) a apresentação do livro “Informadores da PIDE – uma tragédia portuguesa”.

Irene Flunser Pimentel

A autora, a historiadora Irene Flunser Pimentel, estará presente para uma conversa acerca deste capítulo “delicado” da história portuguesa. A iniciativa é do núcleo do Porto do Movimento Cívico Não Apaguem a Memória (NAM).

Já com pelo menos cinco livros publicados, sobretudo sobre a História portuguesa do pós-guerra, Irene Pimentel aprofundou o seu doutoramento e o mestrado na investigação sobre as Organizações Femininas no Estado Novo e sobre a própria História da Oposição à Ditadura.

A Polícia Internacional e de Defesa do Estado (PIDE) foi a polícia política portuguesa durante a ditadura salazarista, responsável pela repressão de todas as formas de oposição ao Estado Novo. Para além das funções de polícia política, as suas actividades incluíam repressão, prisão e tortura dos “opositores” ao regime em vigor.

O movimento NAM contou com o apoio logístico da Associação 25 de Abril e também do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa (SPGL), em cujas instalações reuniu até à sua passagem a associação. A sua fundação terá sido registada em 2008.

About the Author

Marcelo de Andrade
Editor do Diário 560. Jornalista e Fotojornalista há 35 anos.

Be the first to comment on "“Informadores da PIDE” são apresentados em livro na Unicepe nesta sexta-feira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.