Cooperatives Europe dá resposta ao Plano de Ação da Economia Social da Comissão Europeia

A Cooperatives Europe, organização que representa todas as empresas cooperativas na Europa, divulgou um documento de posição sobre o Plano de Ação da Comissão Europeia para a Economia Social. O documento pede definições mais claras para um entendimento comum e mais atenção à cooperação internacional.

Aborda a necessidade de um entendimento comum da economia social para que um conjunto coerente de iniciativas possa ser construído. A Cooperatives Europe diz que a Comissão Europeia deve estabelecer diretrizes claras comuns a todos os estados membros da União Europeia, para evitar diferenças na implementação de medidas.

Existem, ainda, bastantes desigualdades entre os Estados Membros. Estes devem, portanto, ser incentivados a promover todos os tipos de cooperação, em todos os setores da economia, recorrendo a estruturas adequadas, apoio político e apoio financeiro.

O Plano de Ação da Economia Social não dá atenção suficiente à cooperação internacional, segundo a organização. Por essa razão, esta apela a que as ações relacionadas com a cooperação internacional ultrapassem a região dos Balcãs Ocidentais e incentiva a adoção de medidas concretas.

(Fonte: Coop News)

About the Author

Ines Soares
Aluna de Ciências da Comunicação na Universidade Fernando Pessoa.

Be the first to comment on "Cooperatives Europe dá resposta ao Plano de Ação da Economia Social da Comissão Europeia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.