Xiomara Castro impulsiona projecto “energia livre” no congresso hondurenho

Xiomara Castro, presidente das Honduras, na tomada de posse do governo.

Através da plataforma Twitter, a presidente das Honduras, Xiomara Castro, declarou recentemente que a Lei Geral da Indústria Eléctrica deve ser reformada para que um 1,35 milhões de cidadãos, que vivem na pobreza, possam ter energia gratuita. 

O governo de Xiomara Castro prometeu retomar a atividade da Empresa Nacional de Energia Elétrica (ENEE) e colocá-la ao serviço da população. Para que o projeto resulte, os altos consumidores terão de pagar um preço extra nas suas contas para subsidiar a energia que será dada, gratuitamente, aos pobres das Honduras.

A presidente fez referência a alguns factos importantes sobre a empresa estatal de energia, salientando que a “destruição da ENEE é uma mancha deixada pela ditadura e um buraco fiscal de dimensões intransponíveis a curto prazo”. Ao mesmo tempo, afirmou que este problema vai além da energia, sendo um problema social e económico com um processo potencial que encoraja a migração. (Fonte: Pressenza)

About the Author

Diário 560
Jornal online especializado em Economia Social