Sem-abrigos infectados com o coronavírus poderão ser acolhidos por Comunidade islâmica

A Comunidade Islâmica em Portugal inaugurou esta semana um espaço em Lisboa para acolher pessoas sem-abrigo que estejam infectadas com o Covid-19.

O centro de acolhimento está preparado para acolher até doze doentes.

Mohamed Abed, que coordenou a instalação do centro, revelou em declarações à Renascença, que o espaço está preparado para receber entre oito a doze utentes, “com todas as condições de isolamento”.

Segundo o responsável daquela comunidade “há um doente que se encontra internado no Hospital de Santa Maria que pode ter como destino o centro de acolhimento hoje inaugurado”, citado pela Renascença. (Fonte: Rádio Renascença, com edição do Diário 560)

About the Author

Diário 560
Jornal online especializado em Economia Social