Portugal recebe mais 23 crianças e jovens estrangeiros não acompanhados

Portugal recebeu no passado dia 7 de setembro, um grupo de 23 crianças e jovens estrangeiros não acompanhados, provenientes dos campos de refugiados da Grécia, ao abrigo do Programa de Recolocação Voluntária, naturais do Afeganistão, Bangladesh, Egipto, Gana, Iraque, Paquistão e Sudão. O acolhimento foi feito nas cidades de Braga, Fundão e Lisboa.

Reconhecendo a especial vulnerabilidade das crianças e jovens estrangeiros não acompanhados, o Governo português respondeu ao apelo do governo grego e da Comissão Europeia, desde março de 2020, para a recolocação dos cerca de 5.500 crianças e jovens que se encontravam na Grécia. Com a chegada deste grupo, encontram-se já 143 crianças e jovens no país.

Este compromisso que envolve o Estado central, as autarquias locais, instituições do setor social e as organizações da sociedade civil. Esta ação concertada tem sido reconhecida pela Organização das Nações Unidas, incluindo a Agência das Nações Unidas para as Migrações – a Organização Internacional para as Migrações –, pela União Europeia e pelo Conselho da Europa. 

Portugal foi o sexto país europeu que mais refugiados acolheu ao abrigo do Programa de Recolocação da UE, recebendo 1.550 refugiados vindos da Grécia (1.190) e Itália (360) entre dezembro de 2015 e abril de 2018 – os quais foram acolhidos por 97 municípios. 

About the Author

Marcelo de Andrade
Editor do Diário 560. Jornalista e Fotojornalista há 25 anos.

Be the first to comment on "Portugal recebe mais 23 crianças e jovens estrangeiros não acompanhados"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.