Parceria entre a Cases e a Caixa Geral de Depósitos reforça investimento no microcrédito

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e a CASES formalizaram uma parceria que reforça a intervenção da Caixa no Programa Nacional de Microcrédito (PNM). O protocolo permite um alargamento do acesso ao microcrédito a um maior número de cidadãos e “microentidades”, através da disponibilização de instrumentos financeiros de crédito com montantes até 25 mil euros.

O microcrédito destina-se ao apoio à criação e consolidação de projetos de investimento, que permitam a criação de postos de trabalho, nomeadamente na área de autoemprego ou desenvolvimento de micro iniciativas empresariais, incluindo o sector da Economia Social.

Perspectiva-se ainda, no âmbito desta parceria, ser disponibilizada uma nova linha de apoio às novas microempresas, ainda em 2020, nas quais se incluem as que recorrem ao microcrédito, com um plafond na ordem dos 50 milhões de euros.

A CASES é a entidade gestora do Programa Nacional de Microcrédito, destinado a fomentar a criação de emprego e empreendedorismo entre as populações com maiores dificuldades de acesso ao mercado de trabalho, com atividade desenvolvida na facilitação do acesso ao crédito e disponibilização do apoio técnico à criação e consolidação dos projetos empresariais.

A conjugação da capacidade da CASES em atestar a qualidade dos destinatários e validar previamente os projetos, permite à Caixa concentrar esforços com a avaliação do risco e capacidade de aconselhamento aos promotores. (Fonte: Cases)

About the Author

Marcelo de Andrade
Editor do Diário 560. Jornalista e Fotojornalista há 25 anos.