ONG exige que os financiadores se livrem dos combustíveis fósseis e do desflorestamento

Wall Street está a alimentar a crise climática global. E hoje, quinta-feira, 23 de abril, o movimento “Earth Week NYC” está se unindo à coalisão norte-americana “Stop the Money Pipeline” para exigir que a J.P. Morgan Chase e a BlackRock, duas das maiores financiadoras da destruição climática de Wall Street, desinvistam em combustíveis fósseis.

“Simplificando, se podemos parar o fluxo de dinheiro, podemos parar o fluxo de petróleo”, diz o comunicado.

Confira a transmissão online do National Earth Day para ouvir os nova-iorquinos, que sofreram os impactos, ou que são directamente vulneráveis ​​às consequências da crise climática global.

“Estas são apenas algumas das muitas maneiras pelas quais é possível participar. Para além disso, podem ainda aderir ao Social Swarm, que acontece o dia todo”, diz o comunicado. A ONG convida ainda a dar uma vista de olhos no “kit de ferramentas” para obter mais instruções e recursos.

Gigantes das finanças corporativas como a J.P. Morgan Chase e a BlackRock estão a destruir o ecossistema. A ONG convida a todos a juntar-se a luta para responsabilizar os executivos de Wall Street, para exigir um futuro que invista em um Plano de Estímulo Verde e em um novo “Acordo Verde” (Green Deal, em tradução livre). (Fonte; Pressenza New York)

About the Author

Diário 560
Jornal online especializado em Economia Social