Boaventura de Sousa Santos entrevista Jean Wyllys sobre crise da democracia

O sociólogo Boaventura de Sousa Santos, diretor do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, entrevistou Jean Wyllys, ex-deputado federal (PSOL) que renunciou a um terceiro mandato para o qual foi reeleito, devido ao número crescente de ameaças de morte que recebeu desde a eleição do presidente do Brasil Jair Bolsonaro.


Realizada na Universidade de Coimbra, a entrevista, disponível online, trata da situação política brasileira, da crise da democracia no Brasil e em outros países do mundo, bem como das razões que levaram Jean Wyllys a deixar o país.

Deputado federal por dois mandatos, Wyllys tem uma considerável produção legislativa no reconhecimento da cidadania das minorias.

Defendeu em plenário ainda o reconhecimento dos direitos dos e das profissionais do sexo e de uma nova política para as drogas.

Jean Wyllys foi autor de projetos como a regulamentação da cannabis no Brasil, o casamento igualitário, entre outros.

Foi vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou a exploração sexual de crianças e adolescentes, e esteve na liderança da Comissão Externa de parlamentares que acompanha as investigações da execução da vereadora Marielle Franco. (Fonte: Agência Pressenza)

About the Author

Diário 560
Jornal online especializado em Economia Social

Be the first to comment on "Boaventura de Sousa Santos entrevista Jean Wyllys sobre crise da democracia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.