Artigos de Miguel Boieiro

O fruto da paixão

A fala com que hoje nos expressamos tem evoluído ao longo dos tempos e prossegue a sua evolução porque recebeu e continua a receber influências de outros idiomas de várias partes do mundo. Embora a matriz gramatical da língua portuguesa seja o antigo latim, são muitos os topónimos e as palavras provenientes dos povos da […]


Erva Príncipe: condimento gastronómico e medicinal

Amigo de longa data, também fã das PAM (para quem ainda não sabe: Plantas Aromáticas e Medicinais), trouxe-me de França um frasco de essência de “citronnelle”. Encimando o recipiente há um pavio que, ao acender-se, liberta uma fumaça perfumada que tem o condão de afugentar as arreliadoras melgas. Tenho experimentado e posso afirmar que resulta […]


Rosmaninho servia de tapete às procissões

Parece ser inata a tendência do ser humano em desvalorizar tudo o que tem com fartura, mesmo que tal seja belo é útil. Acontece assim com o rosmaninho, bonito subarbusto, cheiroso, benfazejo para a vista, para o corpo e para a alma. Lamentavelmente hoje quase ninguém o preza. No norte do País era costume atapetar […]


Aroeira é boa para a odontologia desde a Antiguidade

Não vos venho falar dos primorosos loteamentos com “charmosas” vivendas que ficam perto da praia da Fonte da Telha (concelho de Almada). O sítio ficou a chamar-se Aroeira, prosseguindo uma tradição toponímica ligada à botânica, frequente no nosso país e creio mesmo que em todo o mundo. É curioso que a povoação que antecede a […]


Verbasco é medicação medieval ao trato respiratório

Já imaginaram como seria penoso o quotidiano dos humanos no alongado período que antecedeu a época moderna? Suponhamos que vivíamos na Europa em plena Idade Média. Não havia batata, nem milho, nem tomate, nem abóboras, nem feijão, nem café e o açúcar era uma especiaria só ao alcance dos nobres ricos. A conservação dos alimentos […]